Maddog anuncia produção de computador Single Board com USP

Maddog_caninos_loucos_palestra.jpg

Quando Maddog anunciou o projeto 'Caninos Loucos' só eu estava lá como "imprensa" e decidi filmar tudo

Era uma Campus Party Brasil em São Paulo, no Anhembi Parque, eu tinha acabado de fazer minha oficina sobre "Artes Gráficas com Softwares Livres" e vi Jon 'Maddog' Hall passar com um pessoal da Universidade de São Paulo. Ele estava indo a um palco vazio e sem plateia ainda (depois lotou). Foi aí que eu pensei "poxa, programaram a fala do Maddog para muito cedo!". E resolvi montar o tripé e a câmera para filmar tudo. Peguei o áudio do jeito que deu, mas eu tinha certeza que era um momento histórico! Abaixo segue uma matéria que preparei para o site do SempreUpdate (confira o link da matéria original aqui) a autoria lá não está em meu nome, mas fui eu mesma que escrevi. Também inverti o título porque quero destacar o criador do projeto "Caninos Loucos" aqui no meu blog smile

 

EXCLUSIVO: USP anuncia produção de computador Single Board com Maddog

Produção em massa de computadores com preços acessíveis e com estrutura totalmente aberta inicia em fevereiro. Projeto “Caninos Loucos” pede apoio da comunidade.

Em palestra na manhã do terceiro dia da Campus Party Brasil (3 de fevereiro de 2017), no palco Inovação, Jon ‘Maddog’ Hall (membro do Board of the Linux Professional Institute) anuncia produção dos poderosos ‘Single Board Computers’ em palestra conjunta com o professor da área de Sistemas Eletrônicos, Dr. Marcelo Zuffo, da Universidade de São Paulo (USP), em projeto nomeado “Caninos Loucos”.
Maddog conta na palestra que conheceu o professor Zuffo em 1996 e que já participou de nove edições da Campus Party Brasil. “Existem muitos mini computadores no mercado hoje. Alguns mais baratos, que custam U$ 3 e outros mais caros, chegando a U$ 600. Mas o problema é que quando você tenta trazer para o Brasil, temos taxas. Taxas realmente más”, disse o palestrante. Para ele, essas taxas não estimulam a produção desses componentes no país. Computadores que lá nos EUA custam 35 dólares, podem chegar aqui por R$ 200 ou mais.

 
Persistência
Em sua fala, Maddog também conta que desde 2012, quando conheceu o projeto Raspberry Pi tenta trazer uma empresa que fabrique aqui e só recebeu “não” como resposta. “Eu não desisto nunca!”, sorriu e contou como a empresa chinesa do mini computador LeMaker disse “sim” após alguns meses. Assista no vídeo toda a explicação sobre os componentes, portas que estarão disponíveis e outros detalhes de hardware.
O professor Zuffo foi apresentado por Maddog para contar como a USP se envolveu no projeto. “É loucura você imaginar tecnologia de ponta na América Latina, por isso estamos chamando o projeto de ‘Caninos Loucos’. Eu tive a chance de começar a convencer a universidade sobre esse processo”, revela o doutor, que iniciou há três anos “nessa loucura de pensar o mundo daqui a 20 anos”, disse. Eles convidam toda a comunidade a dar sugestões, ideias e participar ativamente no projeto. O equipamento trazido pela USP para fabricar em massa os componentes eletrônicos (placas, circuitos, etc) tem 13 metros de comprimento e uma precisão para fabricar peças mais finas que um fio de cabelo.
Assista o vídeo exclusivo para o SempreUpdate (final da matéria) com a palestra completa de Maddog e Zuffo explicando o projeto e como será executado na USP.

 
Projeto Caninos Loucos
Por quatro anos, Jon ‘Maddog’ Hall tem trabalhado com LSItec, uma ONG filiada à USP, para trazer ao Brasil a produção dos poderosos Single Board Computers, diminuindo os custos aos hackers, makers e empreendedores.

 
Quem é Maddog
Jon ‘Maddog’ Hall é membro do Board of the Linux Professional Institute. Desde 1969, ‘Maddog’ (como ele prefere ser chamado) tem sido programador, designer e administrador de sistemas, gerente de produto, gerente de marketing técnico, autor e educador e atualmente trabalha como consultor. Sr. Hall se dedica ao sistema Unix desde 1980 e ao sistema Linux desde 1994, quando ele conheceu Linus Torvalds e reconheceu a importância comercial do Linux,Free e Open Source Software.
Desde 2006, Maddog vem trabalhando no Projeto Cauã, que criará trabalhos high-tech permitindo estudantes de baixa renda a arcarem com uma universidade e experienciarem um trabalho. Concluiu licenciatura em Engenharia e Comércio pela Drexel University em 1973 e seu mestrado em RPI pela Troy, em 1977. Agora ele também viaja o mundo palestrando sobre os benefícios da liberdade de Software.

 

Confira os vídeos:

Palestra completa com Maddog e Zuffo:

 

Perguntas e respostas (parte técnica):

Sobre a Autora

Barbara



Esta notícia é de Blog da Barbara
https://www.barbara.blog.br/blog/news.php?extend.18